Pela primeira vez em sete anos, o Festival Juruena Vivo será online

Com o tema “Terra meu corpo, água meu sangue, Juruena Vive!”, o evento chama atenção para a nossa conexão com a natureza.

O Festival Juruena Vivo é um momento festivo dos povos e comunidades da sub-bacia hidrográfica do Juruena, no noroeste de Mato Grosso. Neste ano, o evento traz como tema parte de um canto antigo que diz: “terra meu corpo, água meu sangue, ar meu sopro e fogo meu espírito”, para lembrar da conexão que possuímos com a natureza. “A gente vive um momento em que precisamos lembrar desta raiz comum, que somos filhos desta terra e para ela vamos voltar. A proposta é aprender juntos como se reconectar, como fortalecer iniciativas e relações de cuidado com este espaço de vida que a gente habita”, explica Liliane Xavier, integrante da Rede Juruena Vivo, coletivo que organiza o festival. 

O evento, que acontece anualmente, terá sua primeira versão online por conta do isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus. A programação será dividida em dois momentos, um aberto ao público e transmitido via o Youtube da Rede Juruena Vivo e outro fechado, com reuniões internas de organização via Zoom. 

Essa experiência tem sido um enorme desafio para a organização e para as próprias comunidades, pois muitas delas não possuem conexão com a internet ou a acessam de forma precária. Por outro lado, as vozes da bacia terão a oportunidade de ecoar para além de Mato Grosso num contexto em que a Amazônia é um tema central na agenda midiática e política.

Uma das novidades serão os telões de transmissão. Comunidades indígenas, famílias e grupos de amigos estão se organizando para assistir o 7º Festival Juruena Vivo juntos.

Para ficar por dentro das novidades, entre na lista de transmissão no WhatsApp do 7º Festival Juruena Vivo neste link: https://chat.whatsapp.com/L0KRXudC7BYGOm8HXqmwd9 

PROGRAMAÇÃO*

SEXTA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO

19h
[Live de abertura] Terra meu corpo: experiências de conexão e cuidado 
 
Convidadas:
Tipuici: Povo Manoki/Mídia Índia
Helena Moreira: STTR de Cotriguaçu 
Célia Xacriabá: APIB 

Transmissão via Facebook e via Youtube



SÁBADO, 24 DE OUTUBRO

8:00h
[2ª Live] Impactos da pandemia nas cadeias da sociobiodiversidade 


Convidados: 
Gustavo Silveira: OPAN
Emerson de Oliveira Jesus: Pacto das Águas
Paulo Nunes: Poço de Carbono  

Transmissão via Facebook e Youtube


16hr00 – 17hr30h
[Roda de conversa] O cenário de ameaças e oportunidades para defesa da sub-bacia do Juruena.
Reunião interna via Zoom.


19:00h
Cine Juruena 
Via Youtube.

Vídeos: 
– Tecendo nossos caminhos (Povo Manoki)
– Os espíritos só entendem nosso idioma (Povo Manoki)
– Hidrelétrica de Castanheira ameaça patrimônio material e imaterial dos Rikbaktsa (Opan e Povo Rikbaktsa)

Transmissão via Facebook e Youtube


19:30h
Noite cultural com Victor Batista e convidados

Transmissão via Facebook e via Youtube


DOMINGO, 25 DE OUTUBRO

16hr30 às 18:30h
[Roda de conversa] O trabalho em rede e as estratégias de defesa da integridade da sub bacia do Juruena.
Acolhida musical Matsi Waura Txucarramae

Reunião interna via Zoom.

18hr30 – 19hr30h
Plenária: leitura e validação do documento VII Festival Juruena Vivo.

Reunião interna via Zoom.

*A programação está sujeita a alguns ajustes informados via este site.

Lívia Alcântara É jornalista e socióloga.